Política

Informações:

Sinopse

Comentários de Arnaldo Jabor, Fernando Gabeira, Kennedy Alencar, Lourival Sant'Anna, Merval Pereira, Renata Lo Prete e Wálter Maierovitch, além dos quadros Época em Destaque e da Rádio Sucupira

Episódios

  • 'Ao mexer na Lei de Improbidade Administrativa, deputados afrouxaram muito os mecanismos de punição'

    18/06/2021 Duração: 10min

    Vera Magalhães explica que a principal mudança feita pela Câmara é no aspecto da lei que dizia que eram puníveis atos de enriquecimento ilícito e prejuízos causados ao erário, provocados por ação e omissão, de forma intencional ou não. 'Isso era o que abria o leque para qualquer tipo de interpretação e havia um consenso de que era preciso restringir. Mas o que os deputados fizeram foi o contrário', comentou. Agora, o texto segue para o Senado.

  • 'O que aconteceu foi uma política de governo que matou mais do que era previsível'

    18/06/2021 Duração: 08min

    Merval Pereira fala sobre o movimento da CPI de Covid-19 que listou os 14 nomes que passam de convidados a investigados, incluindo o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. 'Todos os que estão na relação mentiram muito no depoimento. Eles esconderam deliberadamente ações internas do Ministério da Saúde'.

  • 'A política do resto'

    18/06/2021 Duração: 22min

    Carlos Andreazza faz uma análise da fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a distribuição dos restos de comida como política pública do governo federal. 'Este governo manifesta não ter a mínima de ideia de como enfrentar a fome' Marcella Lourenzetto também traz detalhes da Medida Provisória que permite a privatização da Eletrobras. A MP foi aprovada no Senado, com alterações, e voltará para ser analisada na Câmara. A Medida Provisória deve ser votada na segunda-feira, já que perde a validade na terça-feira. 'Um mostrengo que saiu da Câmara e foi piorado no Senado'.

  • 'Clima de ceticismo em relação ao rompimento da polarização na política brasileira'

    18/06/2021 Duração: 08min

    Andrea Jubé é a convidada do Conversa de Política de hoje e traz as principais novidades da semana. Pauta principal gira em torno das eleições 2022 e da polarização entre Lula e Bolsonaro, tratando também sobre as reuniões entre os partidos desta semana e a expulsão de Rodrigo Maia no DEM.

  • 'Em Sucupira, não existe fome, existe é gente procurando o que comer'

    18/06/2021 Duração: 04min

    Odorico Paraguaçu minimiza a crise em Sucupira. Ele afirma que essa é uma estratégia da 'esquerda confusionista', para manipular as narrativas a favor de seus interesses.

  • Relator votará pela cassação de Dr Jairinho

    18/06/2021 Duração: 03min

    Hoje será dado mais um passo importante no processo de cassação de Dr Jairinho. Ele é acusado de matar o enteado, o menino Henry Borel, de 4 anos, em março. O crime motivou a abertura do processo no Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e o afastamento do parlamentar. No seu voto, o relator Luiz Ramos Filho vai elencar uma série de razões para embasar sua decisão. Lauro Jardim detalha.

  • Nova etapa da CPI é a que 'mais assusta e mais atiça' o presidente Jair Bolsonaro

    17/06/2021 Duração: 14min

    O que interessa mais à CPI, agora, é o exame da quantidade absurda da documentação que já está nas mãos dos senadores, além das quebras de sigilo. 'É claro que o governo vai tentar derrubar de todas as formas, mas não tem número na comissão para fazer isso', comenta Abranches. Agora, o trabalho da comissão entra na fase final e, na avaliação do comentarista, a quantidade de informações negativas para a imagem do governo vai aumentar.

  • 'Essas revelações são mais elementos que mostram um governo francamente em contraposição às vacinas'

    17/06/2021 Duração: 24min

    Apesar da 'amornada' nos depoimentos, a CPI da Covid-19 recebeu documentos importantes que desmentem as falas de Pazuello sobre o preço das vacinas negociadas pelo Covax Facility e constatam a pressa do governo em adquirir a vacina indiana, Covaxin. 'Investiram em uma vacina indiana só para fazer um contraponto com as vacinas chinesas. E uma vacina que ainda hoje não tem aprovação da Anvisa, porque não tem toda a documentação que é exigida’, questiona Vera Magalhães.

  • 'Voto impresso é uma escada para o golpismo'

    17/06/2021 Duração: 18min

    Maria Cristina Fernandes explica que parlamentares e partidos contrários a Bolsonaro têm defendido o voto impresso, pauta tradicionalmente bolsonarista. De acordo com ela, o atual presidente lança dúvidas sobre a urna eletrônica para tumultuar o processo eleitoral e contestar uma possível derrota em 2022. Na análise da comentarista, políticos que apoiarem o voto impresso estarão dando 'imensa contribuição' a uma escalada antidemocrática.

  • Telegramas do Itamaraty mostram 'viés político-ideológico' do governo Bolsonaro para compra de vacinas

    17/06/2021 Duração: 06min

    Apesar da ausência do empresário Carlos Wizard para o seu depoimento à CPI da Covid-19 e a suspensão da sessão desta quinta-feira, foram revelados novos telegramas do Itamaraty. Neles, o governo brasileiro mostrava pressa em adquirir a vacina indiana, Covaxin, e havia o alerta para riscos do imunizante. Vera Magalhães destaca a não aprovação por agências sanitárias internacionais e pela Anvisa. 'Isso combina com uma narrativa de se contrapor às vacinas vindas da China', afirma a comentarista.

  • 'Uma lei de interesse de todos os deputados e senadores'

    17/06/2021 Duração: 07min

    Merval Pereira fala sobre a aprovação na Câmara da nova versão da Lei da Improbidade Administrativa. Ele destaca a necessidade da atualização da lei, mas 'é preciso fechar as portas para a esperteza'. A lei ainda precisa passar pelo Senado.

  • 'Uma boa ideia pode virar um mau passo quando se aceita qualquer coisa'

    17/06/2021 Duração: 25min

    Carlos Andreazza fala sobre a votação da MP que permite a privatização da Eletrobras. 'A coisa está avançando a toque de caixa no Senado'. Ele destaca que Marcos Rogério conseguiu piorar um texto já muito ruim que veio da Câmara. Andreazza cita os 'jabutis' no texto da Medida Provisória e sobre a distorção do processo de privatização de capitalização. Marcella Lourenzetto também destaca assuntos da CPI da Covid-19 e sobre a Lei de Improbidade Administrativa.

  • Terceira via terá agenda conjunta entre pré-candidatos no segundo semestre

    17/06/2021 Duração: 07min

    Bela Megale fala sobre reunião que ocorreu ontem entre partidos de centro/direita para tentar viabilizar uma terceira via para 2022. A ideia, segundo os presidentes desses partidos, é realizar agendas conjuntas pelo Brasil entre alguns pré-candidatos, para mostrar ao eleitor que existe um caminho viável entre Lula e Bolsonaro. Comentarista avalia que 'não vai ser um caminho fácil convencer o brasileiro a fugir dessa polarização, que está tão forte'. Na CPI da Covid, dia parece que será bem morto. E a Polícia Federal deve instaurar hoje investigação de auditor a pedido do TCU.

  • As expectativas em torno da escolha do próximo ministro do STF

    17/06/2021 Duração: 09min

    Wálter Maeirovitch fala sobre a disputa pela vaga no STF. Comentarista destaca que 'já passou o tempo em que cadeira no Supremo não se pedia'. Jair Bolsonaro afirmou que irá indicar alguém 'terrivelmente evangélico', mas Maierovitch ressalta que o presidente 'costuma blefar'. De qualquer forma, a lista dos pretendentes é grande.

  • CPI do Professor Raimundo

    16/06/2021 Duração: 12min

    Em um depoimento confuso de Wilson Witzel à CPI da Covid-19, Natuza Nery elenca os personagens da comissão que se encaixariam na escolinha. 'Heinze é aquele que está sempre errado antes da prova. Tem aqueles que só pensam 'naquilo', na cloroquina. Witzel é aquele que não sabe quem são os professores', brinca a comentarista. Brincadeiras à parte, Natuza criticou a ida do ex-governador do RJ à CPI e diz não saber no que ele ajuda nas investigações.

  • ‘Witzel só existe porque ele foi uma invenção do bolsonarismo’

    16/06/2021 Duração: 23min

    Wilson Witzel usou o seu depoimento na CPI da Covid-19 nesta quarta-feira, basicamente, para atacar Jair Bolsonaro. 'É engraçado ver esses aliados muitos fervorosos do bolsonarimo, porque quando brigam também viram os críticos mais fervorosos’, ironiza Vera Magalhães. Ela desfez o afastamento que Witzel tentou costurar em relação a Bolsonaro na CPI: 'ele agora paga de defensor da democracia, mas lembremos do seu discurso eleitoral’.

  • Sem grandes revelações, sessão foi marcada por 'acerto de contas entre antigos aliados'

    16/06/2021 Duração: 09min

    O filho do presidente, Flávio Bolsonaro, que não integra a CPI, tomou assento logo cedo no plenário disposto ao bate-boca com Wilson Witzel, 'nitidamente para melar o depoimento'. Witzel chegou a fazer insinuações ligando a família Bolsonaro ao assassinato da vereadora Marielle Franco. Ouça a análise completa de Maria Cristina Fernandes, que classificou a reunião como 'um show de horrores'.

  • 'O centro é aquele grupo em que alguém fala alguma coisa e ninguém responde'

    16/06/2021 Duração: 08min

    A brincadeira de Vera Magalhães é pela indecisão de um nome para a terceira via na eleição de 2022, polarizada por Bolsonaro e Lula. Amoedo e Luciano Huck estão fora da disputa, Doria é pré-candidato em um PSDB dividido e Mandetta tenta dialogar pela sua candidatura no DEM. Ao que parece, o ex-ministro da Saúde 'está para jogo'. 'Ele acha que, se não der para ser candidato a presidente, pelo menos a vice', aponta Vera. Uma possível chapa com Ciro Gomes é discutida.

  • 'Vai ser muito difícil acontecer um candidato de terceira via com capacidade de mobilizar o eleitorado'

    16/06/2021 Duração: 07min

    'Acho que a terceira via vai ficar entre o João Doria e o Ciro Gomes', prevê Merval Pereira. Enquanto Bolsonaro e Lula se digladiam, um terceiro candidato ainda não apareceu para 2022. Merval lamenta a desistência de Luciano Huck e crê que Mandetta (DEM) seria, então, o nome de mais força para concorrer à presidência. Porém, o seu partido não deve lançar candidatura. 'A necessidade de terceira via existe, mas não existe o candidato da terceira via', analisa o comentarista.

  • Projeto para alterar lei de improbidade administrativa contém 'barbaridades'

    16/06/2021 Duração: 25min

    Carlos Andreazza critica o projeto de lei, que tramita em regime de urgência e flexibiliza, por exemplo, regras sobre nepotismo. 'É a inversão do conceito de impessoalidade na administração pública', afirma. Desvio de verbas para campanhas publicitárias no governo e depoimentos à CPI da Covid-19 também estão entre os destaques.

página 1 de 2